quarta-feira, 26 de outubro de 2011

A porta estreita

Segundo a tradição do Antigo Testamento, a salvação era reservada ao povo de Israel, que se considerava povo eleito enquanto "filhos de Abraão".
Jesus aponta outro critério: é o entrar pela porta estreita, para ter acesso à casa onde se dá o verdadeiro banquete. A porta estreita é a porta dos pobres e excluídos, na qual se entra pela prática da justiça, em oposição à iniquidade que vem sendo praticada pelos que, sob a aparência de piedosos, se entregam à ambição do dinheiro e do poder.
São os povos do oriente e do ocidente, do norte e do sul que, acolhendo Jesus, precederão os filhos de Abraão no Reino de Deus.
- José Raimundo Oliva - 

Pai, conduze-me pelo verdadeiro caminho
 da salvação que passa pelo serviço misericordioso e
 gratuito a quem carece de meu amor.
Amém!

6 comentários:

Suzuki disse...

Olá! Feliz de ver seu comentário lá no blog! Gosto de tê-la entre meus amigos! Atualizei... Dá um pulinho lá! Beijos Suzuki

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Olá! Andei um pouco sumido por falta de tempo, mas aqui estou novamente para apreciar seus artigos.
Muito boa a postagem, da "Porta estreita".
Grande abraço na Paz e no Amor de Cristo,

Reinaldo e Equipe da Pascom

Tetê disse...

Oi Mabel! Feliz de ter te encontrado no Manancial! Maravilhosa essa sua reflexão! Bjks Tetê

Euzinha disse...

Obrigada, querida, pela visita! É bom demais sentir o carinho dos amigos! Maravilhosa a sua postagem! Gosto muito de seu blog! Abreijos Euzinha

Peregrina da Paz disse...

Oi! Muito bom o seu post! Fiquei feliz com a sua visita! Já atualizei! Beijos e Deus te abençoe! Leila

Nilza disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita no De Tudo Um Pouco. Já o atualizei! Seu post está caprichado, heim! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Bjs Nilza